CRIADO POR
VETERINÁRIA


(85) 9987.8665 / 3242.0962

canil@canilduasfazendas.com

ka.cerqueira@ig.com.br

COMPORTAMENTO SCOTTISH TERRIER

O convívio com o Scottish Terrier

 

 

Com a família: O Scottish é cativante, envolvente, bem-humorado e animado. Está sempre por perto, observando a gente e os acontecimentos. Também não é preciso muito esforço para que interaja nas atividades. Ele só não é meloso. Não pede carinho o tempo todo, mas adora quando lhe oferecem afagos. Esta sempre pronto para acompanhar o dono.

Com crianças: resistência a brincadeiras, puxões e empurrões é com ele mesmo. Mas se a folia extrapolar, late, faz cara de mau humor e deixa claro que a brincadeira acabou.

Com estranhos: o scottie é um cão de alarme, que avisa quando chega gente estranha e quando ouve barulhos. Tem latido seco e firme e o usa para recepcionar as visitas. Isso pode confundir com braveza. Mas depois que a pessoa chega e se acomoda, ele demora um pouco e seaproxima. Faz até festa.

Com outros animais: deve-se ter cautela na relação entre Scotties machos ou entre um Scottie macho e machos de outra raça. Mas não é impossível mantê-los juntos. Se acostumados desde cedo, a relação é viável. O mesmo se aplica ao convívio com outros bichos. No nosso canil, eles vivem com cães de várias raças e interagem pacificamente com outros animais.

Grau de atividade: tem momentos de atividade e de descanso. Não fica o tempo todo procurando o que fazer. É uma boa opção para prática de esportes, inclusive na Europa é usado para caça.

Grau de Obediência: com um pouco de paciência e jeito, o Scottie aprende as regras de casa. Ser considerado um pouco teimoso não significa ser anárquico em relação às normas domésticas. Ele é leal e aprende rápido o que lhe interessa, com limites estabelecidos, saberá o que deve ou não fazer.

Royal Canin
COMPORTAMENTO SCOTTISH TERRIER